RENASCE A ESPERANÇA

0 comments
RENASCE A ESPERANÇA
O Natal tem um propósito religioso que vai muito além do que a sociedade prega hoje. Viver o dia de Natal é comemorar o milagre do nascimento de Jesus Cristo e fazer despertar em todos nós a esperança em nosso Deus. É preciso restabelecer a verdade do Natal, o sentido real da chegada de Deus entre nós. Devemos nos preparar para este encontro de salvação, de alegria e de graça com o Menino-Deus a cada Natal. Devemos cantar junto com os anjos: “Glória a Deus nas alturas! E paz, na terra, aos homens de boa vontade” (Luc 2, 14). Os Anjos cantam a Glória de Deus e anunciam a paz para aqueles que buscam viver o milagre da chegada do Redentor.
No Natal de Cristo, tudo mostra como Ele era Deus e homem ao mesmo tempo.  Nasceu de uma Mulher, por isso é um homem como nós. Nasceu de uma Virgem, um milagre, somente Deus tem este poder.  Este era o sinal, isto é, o milagre que anunciaria a chegada do Redentor: uma Virgem seria Mãe. Nossa Senhora é Virgem Mãe: “O Senhor vos dará este sinal: uma Virgem conceberá, e dará à luz um filho, e seu nome será Emanuel” (Is 7,14).
O Menino-Deus nasce em Bethleem, que quer dizer casa do pão (Beth = casa/ Leem = pão), numa simples manjedoura.  A Virgem Maria, Mãe de Deus adorando seu Filhinho que é o Verbo de Deus encarnado, envolto em panos. São José, contemplando a face do Menino-Deus brilhante como o sol. Cristo devia nascer em Belém, casa do pão, porque Ele é o Pão que desceu dos céus, para nos alimentar. Por isso foi posto numa manjedoura, para alimentar a humanidade. Neste quadro encontramos a Sagrada Família: Jesus, Maria e José. Na família encontramos a mais perfeita imagem do Deus Uno e Trino.
É importante vivermos o tempo do Natal em família. Família completa, ou seja, que o aniversariante esteja entre nós, e que nós possamos adorá-lo, contemplá-lo e alimentá-lo. E por Ele e com Ele a esperança, a paz e a reconciliação com todos e com a própria vida. Natal é o momento do encontro, da solidariedade, do perdão, da comunhão, de rezarmos juntos e, depois, façamos uma ceia.  Natal é momento de paz, onde todas as pessoas se abraçam, se entendem, se perdoam, se cumprimentam e buscam por novos sonhos, para tentar descobrir a razão de ser feliz de verdade.
Neste momento onde Deus se faz presente em cada oração, cada família, em todos os lares, eu também gostaria de expressar o meu carinho e votos de Feliz Natal por vocês amigos, cooperadores, benfeitores da Comunidade Católica Verbo Eterno. Vocês são a grande família que Deus nos proporcionou para a primeira hora da grande missão Verbo Eterno. Muito Obrigado a todos e que neste Natal renasça em cada um dos seus familiares a Esperança.
Manuel Lopes de Freitas Filho, CCVE – Fundador

 

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.