Cristo Rei e o Reino dos Santos

0 comments
      Cristo Rei e o Reino dos Santos
O mês de novembro se abre com um grande ato de fé: Solenidade de Todos os Santos e Celebração dos Fiéis Defuntos; e na segunda quinzena: abertura do Novo Ano Litúrgico com a Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo.
São datas marcantes para todos os que creem e professam a fé no Nosso Salvador e Senhor, Jesus Cristo:
  • “Sede santos como Deus é santo”: Ser santo é uma obrigação de todo cristão. É viver um testemunho, que nos faz agir em vista de uma felicidade maior; é crer num reino eterno de louvor e glória; é a presença de Deus em nós!
  • “Todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá”: O fundamento da nossa fé é a ressurreição de Jesus Cristo. Ao celebrarmos o dia de Finados comemoramos a vida que vence a morte; relembramos a pertença de todos a Deus; reconhecemos a misericórdia de Deus e apresentamos as nossas orações e agradecimentos por receber os fiéis no seu Reino!
  • “Ele é a cabeça do corpo, é o princípio, primogênito dentre os mortos, de sorte que em tudo tem a primazia”: A Solenidade de Cristo Rei encerra o Ano Litúrgico A (Mateus) e começa o novo Ano Litúrgico B (Marcos). O reinado de Jesus é o poder de salvar e de dar a vida; a realeza de Jesus é o da cruz, entrega total como ato supremo de amor; Jesus como Rei é o perdão, reconciliação, paz, unidade e comunhão!
Estes três grandes momentos cristãos nos levam a meditar, sobretudo no mistério da criação, salvação e santificação. Precisamos penetrar neste Reino de Deus e vivê-lo em sua plenitude, como parte integrante e ativa. Como homens e mulheres de fé a serviço deste Deus Uno e Trino. Levantar a voz e o corpo, e proclamar com fidelidade a nossa filiação, eleição e mandato. Do nada que somos em Cristo somos tudo!
Manuel Lopes de Freitas Filho, CCVE
                       Fundador

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.